sexta-feira, 7 de julho de 2017

Postura, prumo e a retidão.

Uma coluna ereta nada mais é que o alinhamento (considerando as curvaturas fisiológicas) com o eixo longitudinal (Linha vertical imaginária que cruza o corpo de forma centralizada, imagem 1). Manter essa postura nos garante o cuidado mínimo com os discos e vertebras. Outra maneira de manter a coluna alinhada com o eixo é o fortalecimento do CORE (imagem 2), região central do corpo que engloba os seguintes músculos: bíceps femoral, transverso abdominal, multífidios, adutor, eretor da espinha, oblíquo interno e externo, íliopsoas, glúteo máximo, reto abdominal e o assoalho pélvico.

IMAGEM 1
            IMAGEM 2


Ao buscarmos o significado da palavra ereto encontramos o seguinte: que se ergue em linha reta, perfeito sem curvas; que se mantem erguido, levantado, em equilíbrio e aprumado. Mantermos a coluna no prumo significa estar no alinhamento medular de forma ascendente, de maneira que estejamos alinhados com o nosso Boddhisattwa, Ser e Real Ser. Resultamos assim na Retidão que é a capacidade de seguirmos, sem desvios, o nosso trabalho e alinhados (prumo) com os ensinamentos do Ser.

Seguir sempre na Retidão do Guerreiro.


Postura, prumo e a retidão.

Uma coluna ereta nada mais é que o alinhamento (considerando as curvaturas fisiológicas) com o eixo longitudinal (Linha vertical imaginária...